Do Monte Kilimanjaro ao Lago Assal, as altitudes extremas da África

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O monte Kilimanjaro (montanha branca, em Masai), na Tanzânia, é o ponto mais alto da África, com uma altitude de 5.895 metros (foto) no Pico Uhuru. O ponto mais baixo é o Lago Assal, no Djibuti, 155 metros abaixo do nível do mar./

O Monte Kilimanjaro está localizado em um antigo vulcão na região fronteiriça entre a Tanzânia e o Quênia. Trata-se de um antigo vulcão com o topo sempre coberto de neve. Fica localizado em meio a uma grande planíce de savana. A região tem uma fauna rica, incluindo espécimes ameaçadas de extinção. O parque nacional em que está localizado foi listado em 1987 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a cultura (Unesco) como Patrimônio da Humanidade. No início do século XX havia sido declarado como uma área de caça pelo governo colonial alemão.

O Largo Assal (foto acima), com uma área de 54 quilômetros quadrados, formou-se em uma área que também foi uma cratera de vulcão extinto. Localiza-se na região de Tadjourah.

O Lago Assal também é considerado o lago mais salgado do mundo. Tem uma profundidade média de 7,4 metros, com uma máxima de 20 metros. É rodeado por salinas, que são exploradas por pessoas que passam no local. É frequentado por beduínos e caravanas etíopes.