Quem inventou a bicicleta?

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Se lhe perguntarem qual é o meio de transporte mais usado no mundo, certamente você responderá que é o carro. Mas não é. É a bicicleta. Quem a inventou?

A invenção da bicicleta chegou a ser atribuída a Leonardo Da Vinci ou a um de seus discípulos, a partir de um desenho incluído no Codex Atlanticus, uma coleção de documentos de Leonardo, com 1.119 páginas, abrangendo um grande número de temas, incluindo projetos tecnológicos e, entre eles, o de algo parecido com uma bicicleta. Mas há contestações em relação a isso.

A China atribuiu a invenção da bicicleta a Lu Ban, nascido há mais de 2.500 anos.

Em 1680 o construtor de relógios alemão, Stephan Farffler, construiu algumas cadeiras de rodas tracionadas por manivelas.

Mas a invenção propriamente dita da bicicleta é atribuída a outro alemão, o Barão Karl von Drais que, em 1817, construiu o que chamou de celerífero, que havia sido desenvolvido em 1780 pelo Conde de Sivrac. Esse celerífero foi construído em madeira, com duas rodas interligadas por uma viga e um suporte para apoiar as mãos. Também colocou uma guidão, para permitir fazer curvas e manter o equilíbrio em movimento, além de um freio muito rudimentar. Em abril de 1818 o próprio Barão apresentou o projeto no Parque de Luxemburgo, em Paris, e alguns meses depois fez o trajeto Beaune - Dijon, na França. Chegou a patentear o produto, mas não conseguiu que se popularizasse e terminou falindo e ridicularizado. Veja, na foto acima, um modelo de 1820.

Apesar do fracasso inicial, estava em andamento na Europa a Revolução Industrial e não demorou muito para que a chamada Draisiana (derivação de von Drais) fosse melhorada. Logo recebeu uma estrutura de ferro e uma sela para se tornar mais confortável. E, em 20 de abril de 1829, ocorre a primeira competição de que se tem notícia, com a participação de 26 Draisianas percorrendo cinco quilômetros na cidade alemã de Munique.

Em 1839 o escocês Kirkpatrick Macmillan adicionou ao eixo traseiro duas bielas ligadas por uma barra de ferro, dando maior estabilidade e rapidez à Draisiana. Em 1855, o francês Ernest Michaux inventou o pedal, ligado à roda dianteira e, a partir daí, o veículo rudimentar passou a ser chamado de velocípede. Essa teria sido a primeira bicicleta moderna. Como tinha duas rodas traseiras, acabou sendo chamado de triciclo.

Em 1862 a Prefeitura de Paris decidiu criar caminhos nos parques para os velocípedes, inaugurando as primeiras ciclovias de que se tem notícia. Nesse mesmo ano o francês Pierre Lallement construiu sua própria draisiana, mas com a transmissão englobando uma pedivela giratória e pedais fixados no cubo da roda dianteira. Depois que se mudou para Paris em 1863, produziu a primeira bicicleta propriamente dita.

Em 1890 surgiu na Inglaterra o Cripto, que tinha a presença de rolamentos sobre esferas nos pedais e recebeu câmaras de ar nas rodas, enquanto anteriormente as rodas tinham aros metálicos ou de madeira, recobertos com borracha maciça. A roda tubular em borracha com ar comprimido no interior foi inventada em 1887 pelo veterinário e inventor escocês John Boyd Dunlop, testados na triciclo de seu filho. Isso deu origem à fabricante de pneus que leva seu nome. O invento do pneu foi patenteado em 1888.

No final do século XIX o ciclismo já era uma realidade e, com a criação da Bicicle Union na Inglaterra e da União Velocipédica Italiana, expandiu-se como atividade esportiva. Em 1892 foi criada a Internacional Cyclist Association (ICA), com sede em Londres, reunindo entidades da Inglaterra, Bélgica, Itália, Holanda, Alemanha e França, além do Canadá e Estados Unidos. O ciclismo já integrou a primeira edição dos Jogos Olímpicos da era moderna, realizados em Atenas, em 1896.

Depois da primeira competição de Draisianas ocorrida em 1829 em Munique, a primeira corrida oficial de ciclismo aconteceu em 31 de maio de 1868 no Parque de Saint-Cloud, em Paris, com um percurso de 1.200 metros. A primeira corrida entre duas cidades aconteceu entre Paris e Rouen e foi vencida pelo inglês James Moore, que também tinha vencido a anterior, em Paris. Ele levou 10 horas e 40 minutos para vencer o percurso até Rouen. A Volta de Portugal, que teve a primeira edição em 1927, é uma das provas mais antigas no meio ciclístico.

Brasil

A bicicleta chegou ao Brasil no final do século XIX e os primeiros relatos de seu uso são de Curitiba e São Paulo, para onde se dirigiram muitos imigrantes europeus, que trouxeram a novidade. A colônia alemã de Curitiba criou seu primeiro clube de ciclistas em 1895. Pouco tempo depois foi criado em São Paulo o Veloce Club Olímpico Paulista. Entre 1950 e 1970 o Brasil chegou a possuir 30 fabricantes de bicicletas. Na década de 1980, entretanto, o mercado passou a ser dominado por dois grandes fabricantes, a Caloi e Monark. A grande expansão das ciclovias nos principais centros urbanos do país ganhou força a partir dos anos 2000.